Media

‹ VOLTAR

R&D NESTER volta a constar na lista do Smart Grid Laboratories Inventory da Comissão Europeia

 

O Joint Research Centre of the European Commission publicou, no inicio de 2019, a terceira versão do inventário de Laboratórios Smart Grid contendo informação técnica agregada relativa a 89 laboratórios (mais 20 do que a versão anterior). Esta publicação encontra-se disponível para download em https://ses.jrc.ec.europa.eu/smart-grid-laboratories-inventory.

O R&D NESTER foi identificado mais uma vez como um laboratório Europeu relevante na área de Smart Grids. 

A maioria dos laboratórios que constam desta lista, localizam-se sobretudo na Europa (69), abrangendo um largo número de países, sendo que a maior parte destes laboratórios estão situados em Itália e Espanha (11 e 14, respectivamente) seguidos de Portugal (7 Laboratórios).

Consta ainda deste inventário, informação sobre laboratórios Smart Grid. presentes no Canadá, Estados Unidos da América, Brasil, Austrália e Nova Zelândia. 

Algumas conclusões gerais obtidas:

• Produção de Energia e Distributed Energy Resources (DER) (85.2%), Demand Response (75%), Grid Management (75%) e Storage (70.5%) são o foco principal da actividade dos laboratórios.
• Existe um crescente interesse em Produção de Energia e Distributed Energy Resources (DER), em ICT e em Electromobility.
• O sector para o qual a maior parte do laboratórios desenvolve projectos e trabalho é o das utilities (70.5% dos laboratórios desenvolvem investigação para este sector), seguido de indústria e academia com 66% e 65% respectivamente.
• Desenvolvimento de Tecnologia, R&D em equipamento, desenvolvimento de standards e prototype testing são os campos onde mais de 70% do trabalho é feito.
• 90% dos laboratórios desenvolvem a sua actividade relacionada com redes de distribuição, enquanto "islanded grid" e redes de transmissão seguem com 60% e 57% respectivamente.
• Quase 1/3 dos laboratórios dispenderam entre EUR 100,000 e EUR 500,000 como investimento inicial. Quase 1 em cada 10 laboratórios (11%) dedicaram um investimento até EUR 4 - EUR 5 milhões para a montagem do laboratório.

Para informação adicional, visite o site das publicações do Joint Research Centre.

Ver todas as newsletters