Media

‹ VOLTAR

Projeto e-Highway 2050 debatido em Pequim

 

A Global Energy Interconnection Development and Cooperation Organization (GEIDCO), uma organização recentemente promovida pela SGCC, organizou nos dias 18 e 19 de setembro em Pequim o Seminário e-Highway 2050 dedicado àquele projecto europeu finalizado em 2015 no âmbito do programa europeu de financiamento FP7. Para o efeito, solicitou ao R&D Nester que reunisse um conjunto de especialistas para debater o tema.

Rui Pestana, líder de projeto no R&D Nester - Centro de Investigação e Desenvolvimento, criado pela REN e pela State Grid Corporation of China, e coordenador do projecto por parte da REN aquando da participação da REN no projecto e-Highways 2050, reuniu neste encontro o coordenador daquele projeto europeu e mais 3 especialistas para apresentarem os resultados na China.

A delegação europeia foi assim constituída pelos seguintes elementos que participaram no projeto entre 2012 e 2015:

  • Gérald Sanchis, pela RTE, Coordenador do projeto
  • Dragana Orlic, pela EKC, WP2
  • Eric Peirano, pela Technofi, líder do WP3
  • Rui Pestana, pela REN, líder do WP4
  • Bernard De Clercq, pela ELIA, líder do WP5

Os resultados do projeto Europeu e-Highway2050 - Modular Development Plan of the Pan-European Transmission System 2050, que foram dados ao conhecer em Bruxelas aquando do término do projeto, no final de 2015, foram agora reiterados neste seminário que decorreu nos dias 18 e 19 de setembro em Pequim. Estiveram presentes cerca de 50 participantes da SGCC, GEIDCO e da CEPRI - Chinese Electrical Power Research Institute, parceiro da REN no R&D Nester.

Na sua intervenção, Rui Pestana, que liderou um dos work packages deste projeto, o WP4 que teve responsabilidades na validação dos cenários de operação e implementação da rede projetada para 2050, e que foi o responsável pela candidatura da REN ao Electricity Highway 2050, deu a conhecer as principais resoluções deste projeto onde a REN, juntamente com outros TSO's, tiveram a responsabilidade de definir o tipo de infraestrutura que a Europa deverá ter em 2050 e o respetivo modelo de expansão em linha com a política energética europeia no domínio das renováveis e num cenário de mercado único. "Foi transmitido que a rede prevista para 2030 não será suficiente em 2050, fruto da previsão de um aumento da geração, que forçará a uma expansão da rede que terá indubitavelmente de ter lugar em qualquer um dos 5 potenciais cenários avançados pelo projeto. Mais, que seja qual for o cenário em 2050, a segurança e fiabilidade do sistema no longo prazo exige a criação de corredores Norte-Sul e o reforço das interligações das do Norte e Sul europeu com a região central continental", relata.

Na exposição da REN, Rui Pestana realçou os novos desafios ao nível da operação para 2050, num cenário de alta penetração de renováveis, de elevadas trocas de energia e de um elevado número de ligações em corrente contínua em muito alta tensão integradas na rede europeia, que exigirão uma rede em 2050 muito mais complexa de operar perante o grande desafio que constituirá a gestão dos fluxos de energia em muito alta tensão e a necessidade de assegurar a estabilidade do sistema nas áreas sincronizadas.

Projeto Electricity Highway 2050

O projeto de e-Highway2050 consistiu num consórcio composto por 28 parceiros, incluindo TSOs, entre eles a REN, associações do sector, uma organização não-governamental, académicos e empresas. O projeto iniciou-se em setembro de 2012 e terminou em dezembro de 2015.

O projeto foi promovido pelo FP7 (Seventh Framework Programme), um programa de financiamento da CE a iniciativas na área da I&D, com maior enfoque na investigação, e foi liderado pela RTE com grande participação da ENTSO-e (Operadores de Transporte de Eletricidade da Europa), de que a REN é membro.

O projeto teve como objetivo desenvolver uma metodologia para o desenho de uma rede de transporte de eletricidade Pan-Europeia no período temporal 2020-2050.

Mais informação sobre o Projeto e-Highway2050 pode ser consultada em http://www.e-highway2050.eu/e-highway2050/

GEIDCO - Global Energy Interconnection Development and Cooperation Organization

A GEIDCO é uma ONG fundada em Março de 2016 que pretende construir uma "Global Energy Interconnection (GEI)" para atender ao consumo global de energia com energia limpa e alternativas ecológicas. É constituída por 80 membros de 14 países dos 5 continentes.

O paradigma da GEI é usar as smarts grids com redes Ulta Alta Tensão (UHV) e produção renovável. Ver apresentação.

Mais informação sobre a GEIDCO pode ser consultada em http://www.geidco.org/html/qqnycoen/col2015100724/column_2015100724_1.html

Ver todas as newsletters